EUA permitem o retorno de pessoas para região de represa na Califórnia

Oroville - Autoridades dos Estados Unidos permitiram nesta terça-feira a volta de quase 200 mil pessoas que vivem na região de uma represa que enfrentou problemas na Califórnia. O xerife do condado de Butte, Kory Honea, porém, disse que pode haver uma ordem futura de retirada, caso o cenário mude.

Autoridades disseram que a decisão de acabar com a ordem de retirada foi tomada diante de previsões do tempo atualizadas. Uma tempestade prevista para esta semana deve ser mais fria e com menos chuva, o que deixará menos água no reservatório da represa de Oroville que na semana passada. O norte da Califórnia pode ter o ano com mais chuvas já registrado.

Honea disse que há riscos bem menores no vertedouro da represa, já que uma inspeção não encontrou erosão no local. Segundo o xerife, especialistas não encontraram estragos que "comprometam a integridade total" da represa.

Porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer disse nesta terça-feira que o presidente dos EUA, Donald Trump, acompanha de perto a crise de segurança pública causada na região da represa, a mais alta do país. Fonte: Associated Press.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos