Artistas lançam manifesto pedindo candidatura de Lula à Presidência 'desde já'

Em São Paulo

Artistas e intelectuais criaram na quarta-feira (1º) manifesto defendendo a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Palácio do Planalto e vão lançar na próxima segunda-feira (6) uma plataforma online para coletar assinaturas de internautas ao documento. A chamada "Carta das (os) brasileiras (os)" pede ao ex-presidente que considere a possibilidade de se colocar "desde já" à disposição para uma candidatura em 2018.

"É o compromisso com o Estado Democrático de Direito, com a defesa da soberania brasileira e de todos os direitos já conquistados pelo povo desse País, que nos faz, através desse documento, solicitar ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que considere a possibilidade de, desde já, lançar a sua candidatura à Presidência da República no próximo ano, como forma de garantir ao povo brasileiro a dignidade, o orgulho e a autonomia que perderam", diz o documento.

Assinam o manifesto 424 pessoas, entre elas o teólogo Leonardo Boff, o músico Chico Buarque e o ex-ministro da Justiça no governo Dilma Rousseff (PT) Eugenio Aragão. Representantes de movimentos sociais também estão entre os signatários, como o líder do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), João Pedro Stédile, além de professores universitários e profissionais liberais.

O documento afirma que o Brasil "precisa de Lula" e defende que com o petista será possível avançar na inclusão social, assegurar a soberania sobre o pré-sal e o território nacional, fazer com que o Brasil volte "a ter um papel ativo no cenário internacional" e a "distribuir com todos os brasileiros aquilo que os brasileiros produzem". O PT está divulgando o conteúdo do manifesto em suas redes sociais.

Na manhã desta quinta-feira (2), o manifesto se tornou assunto do momento na rede social Twitter no Brasil depois que a apresentadora da Rádio JovemPan Paula Carvalho impulsionou a hashtag #LulaPrezidente para criticar a manifestação. A tag teve rápida adesão de usuários da plataforma. Segundo ela, a campanha é uma "homenagem ao réu candidato e aos intelectuais que o apoiam".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos