Estado de SP fará mutirão para reduzir demanda por exames e cirurgias

Daniel Weterman

São Paulo

A Secretaria de Estado da Saúde anunciou nesta sexta-feira, 3, um mutirão de atendimentos para reduzir a demanda por exames e cirurgias em São Paulo. Segundo o secretário David Uip, entre os dias 18 e 25 de março serão atendidos 130 mil pacientes com ações de prevenção, diagnóstico e cirurgias.

O mutirão, afirmou Uip, vai ser feito nos 93 hospitais estaduais e em 63 AMEs (Ambulatórios Médico de Especialidades). "Vamos minimizar os gargalos da saúde do Estado de São Paulo, é uma grande organização para diminuir as filas e gerenciar as demandas", disse o secretário, ao lado do governador Geraldo Alckmin (PSDB), durante cerimônia de inauguração de obras no pronto-socorro do Complexo Hospitalar Padre Bento, em Guarulhos.

O secretário reconheceu que os procedimentos não vão zerar a fila por cirurgias na rede pública estadual. "Terminar a fila é uma coisa quase impossível, mas seguramente vamos progredir muito na prevenção e diagnósticos, e esperamos que 10 mil pequenas cirurgias sejam feitas no prazo de uma semana", disse.

Alckmin e Uip entregaram nesta sexta-feira as obras de ampliação do pronto-socorro do Complexo Hospitalar Padre Bento. Segundo o governo, a área do setor, que era de 250 metros quadrados, passou a ter 2.300 m2. A Secretaria informou que o número de leitos na unidade aumentou de oito para 27 vagas destinadas ao atendimento de média e alta complexidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos