Vereadores de SP se comprometem a equilibrar homenagens a homens e mulheres

Adriana Ferraz

São Paulo

No Dia Internacional da Mulher, vereadores paulistanos se comprometeram na tarde desta quarta-feira, 8, a tentar equilibrar a quantidade de homenagens feitas pela Câmara Municipal a homens e mulheres que se destacaram na história da cidade. Atualmente, segundo pesquisa realizada pela proSocore, 84% dos logradouros que levam o nome de pessoas se referem a homens. O resultado do levantamento gerou a campanha '#SomosMaisQue16PorCento', desenvolvida pelo jornal O Estado de S. Paulo em parceria com a agência FCB e apresentada nesta quarta ao Legislativo.

"Acho uma boa ideia. Certamente vou aderir", disse Isaac Felix (PR), que disse ainda não ter nenhum projeto neste sentido, mas prometeu elaborar. Líder do PSDB, Adriana Ramalho afirmou que vai ajudar a disseminar a campanha. Uma das formas possíveis, segundo a tucana, seria trocar placas de ruas que levam o nome de ditadores (política iniciada pelo ex-prefeito Fernando Haddad) por mulheres que fizeram história em São Paulo. Já a também tucana Aline Cardoso ressaltou que além de projetos que homenageiem mulheres, a Câmara deve propor leis que as empoderem mais, discurso semelhante ao da vereadora Juliana Cardoso (PT).

A campanha recebeu sugestões pela internet para homenagear algumas personalidades. Em enquete feita pelo site estadao.com.br/16porcento, o nome mais citado foi da atriz Dercy Gonçalves, seguida da artista Tomie Ohtake e da escritora Hilda Hilst. Ao todo, foram quase 300 mulheres lembradas pelos internautas, e 1,2 milhão de votos.

"A gente sabe que a campanha não vai mudar a vida das mulheres, mas essa é uma ação de conscientização. Não dá para dizer que não existe machismo na escolha de quem será homenageado. A Câmara foi muito receptiva ao nosso trabalho", disse a publicitária Marilu Rodrigues, redatora da FCB.

Para o diretor de marketing publicitário do Estado, Marcelo Moraes, a expectativa agora é por resultados práticos. "A campanha teve por objetivo sensibilizar os vereadores a fazer esse reconhecimento. Vamos acompanhar para ver se isso vai virar realidade", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos