Começa acareação entre Marcelo Odebrecht e Cláudio Melo

Rafael Moraes Moura, Beatriz Bulla e Breno Pires

Brasília

O ex-presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht e o ex-diretor de relações institucionais da empreiteira Cláudio Melo Filho participam neste momento de uma segunda acareação realizada no edifício-sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A acareação é feita no âmbito da ação que apura se a chapa de Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB) cometeu abuso de poder político e econômico para se reeleger nas eleições de 2014.

Antes, Marcelo Odebrecht participou de uma acareação com Hilberto Mascarenhas, ex-funcionário da Odebrecht ligado ao "departamento de propina", e o ex-executivo Benedicto Júnior.

Em um primeiro depoimento, Melo Filho afirmou ao ministro Herman Benjamin, do TSE, que o presidente Michel Temer participou de reunião no Palácio do Jaburu e solicitou a Marcelo Odebrecht doações para o PMDB na campanha de 2014. O herdeiro da empreiteira, no entanto, disse não se recordar de um pedido feito por Temer.

Migliaccio

O ex-executivo da Odebrecht Fernando Migliaccio foi chamado para participar da acareação entre Marcelo Odebrecht, Hilberto Mascarenhas e Benedicto Júnior.

Migliaccio foi a primeira testemunha a ser ouvida na tarde desta sexta-feira, 10, pelo ministro Herman Benjamin, relator da ação que apura se a chapa de Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB) cometeu abuso de poder político e econômico nas eleições de 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos