‘Prioridade é retomar os serviços abandonados’, afirma secretário

Fábio Leite

São Paulo

Responsável por controlar o caixa da Prefeitura de São Paulo, o secretário municipal da Fazenda, Caio Megale, afirma que falta dinheiro para executar as obras contratadas na gestão passada e a prioridade do atual governo é retomar os "serviços interrompidos", como zeladoria urbana.

Megale afirmou em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo que o momento é de condições orçamentárias muito restritas. Ele afirmou que, no ano passado, por causa da inflação elevada, muitos contratos de serviços sofreram altos reajustes e isso reflete agora nas despesas, que cresceram de 7% a 9%, enquanto a receita com o ISS, por exemplo, o principal imposto, caiu 5%.

De acordo com Megale, por outro lado, serviços como o de zeladoria, manutenção de parques e distribuição de remédios foram interrompidos na gestão passada, enquanto novos projetos foram contratados. "Então, como vou construir uma UPA se falta médico nas que já existem?", pergunta. "Tenho de ser criterioso e seletivo para saber para onde direcionar os parcos recursos", disse. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos