'Não comento as decisões e a conduta processual do TSE', diz Temer no Rio

Mariana Durão e Vinicius Neder

Rio

  • Lucas Lacaz Ruiz/Estadão Conteúdo

    O presidente Michel Temer (dir) e o ministro da Defesa, Raul Jungmann, participam da abertura da Laad 2017

    O presidente Michel Temer (dir) e o ministro da Defesa, Raul Jungmann, participam da abertura da Laad 2017

O presidente Michel Temer evitou novamente comentar a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que adiou nesta terça-feira, 4, o julgamento das contas da chapa em que ele foi eleito com a ex-presidente Dilma Rousseff.

"Não comento as decisões e a conduta processual e procedimental do TSE", afirmou Temer, em rápida entrevista após pronunciamento à imprensa durante visita à Laad 2017, feira de negócios do setor de defesa, no Rio de Janeiro.

Questionado se o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), estava certo ao dizer, mais cedo, que seria melhor o processo no TSE terminar logo, Temer concordou. "O presidente Rodrigo tem razão: quanto antes liquidar esse assunto... acaba essa história. É uma preocupação muito legítima do presidente Rodrigo Maia", afirmou Temer.

 

Análise: Recuo compromete andamento; não há prazo para julgamento terminar

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos