Multas por rodízio em áreas alagadas devem ser desconsideras nesta sexta em SP

Priscila Mengue

São Paulo

Em nota, o Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV) informou que "fará todo o esforço necessário" para não multar motoristas que infringiram o rodízio nos pontos de alagamentos de São Paulo atingidos entre a quinta-feira, 6, e a sexta-feira, 7. A decisão também deverá ser estendida aos caminhões que circulavam fora do horário permitido nas marginais do Tietê e de Pinheiros. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) registrou até 15 pontos intransitáveis. Além disso, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) bloqueou ao menos 38 vias para "garantir maior fluidez".

Em entrevista à Rádio Eldorado, o presidente da CET, João Octaviano Machado Neto, afirmou que eventuais infrações de trânsito emitidas por radares poderão ser revisadas devido ao dia "atípico". Segundo ele, os agentes de trânsito também foram orientados a flexibilizar penalizações nas áreas mais afetadas pela chuva - que caiu entre as 22h de quinta-feira, 6, e as 4h de sexta-feira, 7, e superou a média prevista para o mês.

"Caso o motorista receba alguma notificação, a orientação é entrar com recurso, explicando as razões do fato, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro", diz a nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos