Correção: Marcos Harter se pronuncia sobre expulsão do 'BBB17'

São Paulo

A nota enviada anteriormente estava com o texto truncado. Segue a matéria com o título devidamente corrigido.

Nesta terça-feira, 11, Marcos Harter se pronunciou sobre sua expulsão do Big Brother Brasil 17. Após a delegada Viviane da Costa, da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, visitar a casa onde se reúnem os participantes, foi concluído que houve agressão do participante contra Emilly Araújo na 17º edição do reality show da Globo.

Após ser expulso do programa, Harter se defendeu em seu perfil no Twitter dizendo que nunca teve a intenção de machucar Emilly. "Como todo casal, passamos por momentos de alegria, ansiedade, euforia e tensão. Jamais tive a intenção de machucar física ou emocionalmente uma pessoa pela qual nutri tanto carinho e afeto. O programa tem um formato destinado a levar o nosso emocional ao limite, e, consequentemente, os nervos à flor da pele. Repito: jamais tive a intenção de machucá-la ou agredi-la, estou surpreso com tudo o que está acontecendo. Peço desculpas a todos os envolvidos, Emilly, sua família, demais participantes e a todo o Brasil", escreveu.

Minutos antes do programa, a emissora carioca divulgou nota afirmando que Emily seria submetida a um exame clínico, realizado por um médico da emissora, para avaliar a possibilidade de ter havido lesão corporal. Sendo constatada lesão, Marcos poderia ser enquadrado na Lei Maria da Penha e até ser preso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos