Caçambeiros protestam no Viaduto do Chá, no centro de São Paulo

Bibiana Borba

São Paulo

Mais de cem caminhões caçamba interrompiam, por volta das 7h desta segunda-feira, 17, o trânsito nos dois sentidos do Viaduto do Chá, em frente à Prefeitura de São Paulo, no centro da capital. O protesto começou em torno das 3 horas da manhã. Os caçambeiros reivindicam mais locais para o descarte de entulhos da construção civil na cidade, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Outros veículos de carga permaneciam estacionados na Rua Libero Badaró e vias próximas ao viaduto. A SPtrans informou que 13 linhas de ônibus que passam pela região estão sendo desviadas.

O Sindicato das Empresas Removedoras de Entulho do Estado de São Paulo (Sieresp) alerta para a situação crítica de acúmulo de materiais na cidade. A entidade alega que as garagens das empresas estão superlotadas, já que os trabalhadores precisam usar os espaços para separar o entulho antes de destiná-lo aos aterros já existentes.

A categoria pede que, de forma emergencial, a gestão do prefeito João Doria (PSDB) autorize o recebimento de materiais misturados - como carpetes, pisos e forros - nos aterros públicos. Os motoristas não pretendem encerrar a manifestação antes de serem recebidos pelo prefeito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos