Eunício quer discutir juros dos fundos constitucionais regionais

Julia Lindner

Brasília, 18 (AE)

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), se comprometeu, na noite desta terça-feira (18), a promover uma reunião entre a bancada do Nordeste e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para discutir a revisão dos juros dos fundos constitucionais do Nordeste (FNE), Centro-Oeste (FCO) e Norte (FNO). Eunício acredita que "nenhum projeto de desenvolvimento de médio e longo prazos vai resistir à taxa de juros absurda que hoje é cobrada pelos fundos constitucionais".

"Nós não podemos conviver com taxa de juros - de fundos constitucionais que têm um papel fundamental de fomentar o desenvolvimento - em nível de mercado muitas vezes superior ao nível de empréstimo de mercado", disse o presidente do Senado. "Não haverá investimento (nas condições atuais). Para dar um exemplo, só o Banco do Nordeste tem, hoje, cerca de R$28 bilhões estocados no FNE, sem nenhuma demanda."

Eunício declarou que já conversou sobre o assunto com Meirelles, com o presidente Michel Temer e com os ministros Dyogo Oliveira (Planejamento) e Helder Barbalho (Integração). "Chegou a hora de fazermos esse encontro. Eu me comprometo a convidar a todos para um café da manhã, ou um almoço, ou um jantar, que caiba na agenda de todos nós, para tratarmos desse assunto importante, para ajudarmos o Brasil a sair o mais rapidamente dessa crise em que nos encontramos hoje", afirmou.

O senador Fernando Bezerra (PSB-PE) disse que Temer afirmou ter recomendado a revisão dos juros a Meirelles. O objetivo, segundo ele, é ajudar a reanimar a economia regional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos