Há grande descrença em relação à política, diz Bruno Araújo

Célia Froufe, enviada especial

Lisboa

Cotado como candidato para a eleição ao governo de Pernambuco em 2018, o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB-PE) tentou desconversar sobre seu futuro político durante passagem pela capital portuguesa nesta quarta-feira, 19. "Já assisti a filmes de mudanças das mais drásticas na política. A gente segue trabalhando, entregando as transformações dentro do Ministério das Cidades", disse ele, que já foi deputado estadual e deputado federal.

O ministro avalia que 2018, para o tempo da política, ainda está muito longe. "Só quem tem atenção hoje em processo eleitoral são os políticos e os jornalistas. O povo está preocupado em como atenuar 13 milhões de desempregados. A sociedade real está preocupada em como fazer a economia ser reativada, os empregos serem recriados e, em 2018, a sociedade vai decidir", desconversou.

Ele considerou que há uma grande descrença da comunidade internacional em relação à política e, de um modo especial, no Brasil. "Agora, não adianta os nossos mais jovens ficarem de fora. Quem está fora e acha que está ruim precisa ter a coragem de, em 2018, vir para dentro do processo político e ajudar fazer transformações. Não adianta apenas ficar gritando do lado de fora, tem que vir para dentro e fazer o enfrentamento de dentro do jogo", instigou.

O ministro falou com jornalistas na capital portuguesa antes de participar do segundo dia do V Seminário Luso-Brasileiro de Direito, promovido pela Escola de Direito de Brasília do Instituto Brasiliense de Direito Público (EDB/IDP) e pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (FDUL).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos