Líder de milícia é morto em operação policial no Rio

Daniela Amorim

São Paulo

O miliciano Carlos Alexandre Braga, conhecido como Carlinhos Três Pontes, de 32 anos, foi morto durante uma operação policial na madrugada desta sexta-feira. O criminoso era procurado por ser um dos líderes da milícia "Liga da Justiça", que atua na região.

Segundo a Polícia Civil, Carlinhos reagiu quando agentes tentavam prendê-lo na casa de uma namorada, em Paciência, na zona oeste do Rio. Ele chegou a lutar com um dos policiais e foi baleado com um tiro de fuzil no tórax. O miliciano foi socorrido para um hospital municipal, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com os investigadores, a quadrilha chefiada por Carlinhos atuava em acordo com o tráfico de drogas em áreas da cidade dominadas pela milícia. Carlinhos permitia que traficantes praticassem roubo de cargas e venda de drogas, obtendo em troca permissão para que explorasse a venda de botijão de gás e transporte irregular nas comunidades dominadas pelo tráfico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos