Alckmin é ignorado pelo cerimonial em jantar para Rajoy

Valmar Hupsel Filho, Daniel Weterman e Eduardo Laguna

São Paulo, 24 (AE)

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), foi ignorado no jantar de encerramento do Fórum Espanha-Brasil, na noite desta segunda-feira (24), em São Paulo.

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, e o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), também participaram do evento.

Por um equívoco do cerimonial, Alckmin não foi chamado para discursar, como o fizeram, entre outros, FHC e Doria. Na saída do jantar, Alckmin reagiu com bom humor ao episódio. "Poupei o discurso", brincou.

Enquanto tenta se viabilizar como candidato à Presidência da República, Alckmin passou a ter, nos últimos meses, a sombra de seu pupilo Doria, que também passou a ser cotado para uma eventual candidatura.

Doria, que em todas as oportunidades tem ressaltado a fidelidade política a Alckmin, evitou polemizar sobre o erro do cerimonial. "Não me ponham nessa fria. Não tenho nada com isso. Pelo amor de Deus", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos