Lula: 'Se Palocci fizer delação premiada pode prejudicar muita gente, menos eu'

Daniel Weterman

São Paulo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta sexta-feira, 28, que, se o ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci fizer uma delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato pode prejudicar muita gente, menos ele. "Tenho certeza absoluta que o Palocci não vai fazer delação. Se fizer, ele pode contar tudo que sabe e tenho certeza que pode prejudicar muita gente, menos eu", afirmou Lula, em entrevista à Rádio Guaíba, de Porto Alegre (RS).

O petista também afirmou que tem certeza de que será inocentado do processo em que é réu na Operação Lava Jato e sobre o qual prestará depoimento ao juiz federal Sérgio Moro no dia 10 de maio, em Curitiba. "Eu tenho convicção, tenho certeza de que sairei desse processo inocentado porque eu sou acusado de uma série de mentiras e inverdades contadas pelo Ministério Público e pela Polícia Federal."

O ex-presidente alegou ainda que está muito tranquilo com seu depoimento. Lula afirmou que dará a resposta às declarações do executivo José Adelmário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, ex-presidente da construtora OAS, que afirmou em depoimento que o apartamento tríplex no Guarujá, no litoral de São Paulo, pertencia ao petista. "Se eu der a resposta eu vou avisar para eles o que vou dizer no depoimento", afirmou.

O ex-presidente disse acreditar que Léo Pinheiro ficou "constrangido" no depoimento e falou "coisas que eles pediram para ele falar". O petista afirmou ainda que vai para Curitiba sem nenhum "ressentimento" com Pinheiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos