Morre o ex-ministro e acadêmico Eduardo Portella

Roberta Pennafort

Rio

Morreu nesta terça-feira, 2, aos 84 anos, o ex-ministro e acadêmico Eduardo Portella. Ele era membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 1981. Ainda não foram divulgadas as causas da morte. Portella foi eleito na sucessão de Otávio de Faria para a cadeira de número 27, e era um integrante bastante ativo dos eventos da casa.

Nascido em Salvador, ele era doutor em Letras, professor, escritor e crítico literário. Ocupou diferentes cargos públicos desde 1956, ano em que foi nomeado técnico de Educação do Ministério da Educação e Cultura. Foi ministro de Estado da Educação, Cultura e Desportos no governo João Figueiredo (1979-1985), diretor geral adjunto da Unesco e presidente da Conferência Geral da Unesco.

Uma de suas frases famosas, usada até hoje por ministros de Estado, é "não sou ministro, estou ministro", sua forma de explicar o caráter transitório dos cargos públicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos