Ex-secretário de Saúde do Rio é denunciado

Julia Affonso, Fausto Macedo, Luiz Vassallo e Roberta Pennafort

São Paulo

O Ministério Público Federal denunciou Sérgio Côrtes, ex-secretário de Saúde da gestão de Sérgio Cabral (PMDB), e o empresário Miguel Iskin por tentativa de obstrução de justiça. Côrtes e Iskin são acusados pela força-tarefa da Operação Lava Jato de articulação para influenciar no acordo de delação firmado pelo ex-subsecretário da pasta César Romero.

Côrtes e Iskin são alvo da Operação Fatura Exposta, desencadeada mês passado, e estão presos. A Fatura Exposta é desdobramento de operações que investigam organização que seria liderada por Sérgio Cabral. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos