Operação Lava Jato

'Sr. Luiz Inácio' não é forma de se referir a um ex-presidente, reclama defesa

Por Julia Affonso, Ricardo Brandt, Fausto Macedo, Luiz Vassallo e Bruno Ribeiro

Em São Paulo

  • Reprodução

    O ex-presidente Lula em primeiro plano, à frente do advogado Cristiano Zanin Martins

    O ex-presidente Lula em primeiro plano, à frente do advogado Cristiano Zanin Martins

O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, reclamou do Ministério Público durante interrogatório nesta quarta-feira (10). O petista foi ouvido pelo juiz federal Sergio Moro.

No início das perguntas da Procuradoria República, o procurador Roberson Pozzobon iniciou seu questionamento se referindo ao petista como "senhor Luiz Inácio". O advogado de Lula, então, protestou a Moro.

Confira a íntegra das alegações finais do ex-presidente a Moro

"Excelência, pela ordem, só uma questão de respeito, assim como Vossa Excelência foi bastante cuidadoso com o tratamento dado ao ex-presidente da República, pediria ao Ministério Público que também observasse que estamos aqui tratando de um ex-presidente da República. 'Senhor Luiz Inácio', acho que não é uma forma adequada de se referir a um ex-presidente da República", reclamou.

Moro respondeu. "Eu acho que o Ministério Público não tem nenhuma intenção de ofender, provavelmente foi um lapso verbal. Mas eu pediria que se reportasse talvez da forma como eu coloquei de sr. ex-presidente."

"Perfeito", declarou o procurador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos