Ministério promete solução para ponte próxima a aeroporto de Cumbica

Lu Aiko Otta

Brasília

Convocado para uma audiência pública da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados para discutir o fechamento de uma ponte sobre o Rio Baquirivu, em Guarulhos (SP), próxima ao Aeroporto Internacional de Cumbica, o secretário de Aviação Civil, Dario Rais Lopes, prometeu nesta terça-feira, 16, uma solução em no máximo 45 dias. Ainda assim, um grupo de deputados e vereadores locais, liderados pelo deputado Eli Corrêa Filho (DEM-SP), anunciou que entrará na Justiça para buscar uma solução.

O secretário deixou claro que a reabertura da ponte não é viável. A estrutura, explicou ele, foi instalada em caráter provisório na época da construção do aeroporto e não comporta o fluxo que se criou com a expansão da cidade. "Um grupo de trabalho deve apontar uma solução em no máximo 45 dias, disse o secretário. "Esse é um compromisso do Ministério dos Transportes", afirmou.

Autor do requerimento, o deputado Eli Correa Filho (DEM-SP) abriu a reunião reclamando da ausência de representantes da concessionária GRU Airport e da Infraero. Ele classificou a atitude de "falta de respeito" à comissão e afirmou que a ausência de ambos demonstrava desinteresse em discutir o assunto.

Ele afirmou que a ponte foi fechada há quatro anos pela concessionária, com a promessa de reabertura logo após a Copa. Porém, a estrutura continua interditada até hoje, gerando "transtorno" à população de Guarulhos.

Questionado pela vereadora Janete Pietá (PT) sobre a possibilidade de reabertura provisória da ponte, o secretário informou que aguarda a conclusão de um laudo técnico sobre a situação da estrutura. Só então, disse ele, uma decisão será tomada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos