Petista entra com representação contra Temer por babá lotada no Planalto

Daiene Cardoso

Em Brasília

  • Bruno Poletti/Folhapress

    O casal Marcela e Michel Temer

    O casal Marcela e Michel Temer

O deputado Robinson Almeida (PT-BA) encaminhou à Procuradoria Geral da República (PGR) uma representação contra o presidente Michel Temer (PMDB) por empregar como babá de seu filho Michelzinho uma funcionária lotada em cargo de confiança no Palácio do Planalto.

O deputado petista aponta na representação o crime de responsabilidade, por uso de dinheiro público para atender interesses pessoais, e o crime de peculato, por desvio de função da funcionária.

"Esperamos que o presidente seja acionado e responsabilizado. Esse é mais um dos absurdos desse governo", declarou o deputado.

Segundo o jornal "O Globo", o Palácio do Planalto emprega a babá Leandra Brito como assessora do Gabinete de Informação em Apoio à Decisão (Gaia), órgão responsável por assessorar o presidente da República. A babá receberia um salário superior a R$ 5 mil. "É um padrão altíssimo", comentou o petista.

Em entrevista nesta segunda-feira (15) a rádios regionais, Temer demonstrou incômodo com o questionamento. "Se a funcionária não puder atuar lá, isso vai ser alterado", declarou.

Ele explicou que saiu da estrutura da Vice-Presidência para a da Presidência e que agora estão fazendo adequações sobre os serviços que são ou não permitidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos