Polícia do RS retoma imóveis do Minha Casa Minha Vida invadidos por traficantes

Luciano Nagel

Em Porto Alegre

Cerca de cem agentes do Departamento de Investigações do Narcotráfico da Polícia Civil do Rio Grande do Sul (Denarc-RS) cumpriram, na manhã desta terça-feira (16), 21 mandados de busca e apreensão em um condomínio popular do programa federal Minha Casa Minha Vida no bairro Restinga, na zona sul de Porto Alegre.

Conforme a Polícia Civil, os traficantes voltaram a expulsar os moradores dos apartamentos e ocupar os espaços para o comércio de drogas.

Em outubro de 2015, uma mesma ação policial foi realizada no condomínio resultando na prisão de 46 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas na região.

"Dos 21 imóveis vistoriados, mais da metade estava irregular", disse o delegado Mário Souza, responsável pelas investigações.

De acordo com o delegado, o objetivo da operação, denominada Regresso, é retomar os imóveis invadidos e devolvê-los aos atuais proprietários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos