Proposta que extingue foro privilegiado deve ser votada amanhã, diz Eunício

Julia Lindner e Isabela Bonfim

Brasília

  • AFP PHOTO / ANDRESSA ANHOLETE

    01.jan.2017 - Eunício Oliveira (à dir.) é cumprimentado por seu antecessor, Renan Calheiros

    01.jan.2017 - Eunício Oliveira (à dir.) é cumprimentado por seu antecessor, Renan Calheiros

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), afirmou que a votação da proposta que extingue o foro privilegiado para autoridades por crimes comuns deve ser votada nesta quarta-feira, 17, em segundo turno, no plenário da Casa. A PEC foi aprovada em primeiro turno por unanimidade no dia 27 de abril.

Eunício disse que a matéria está "pronta" para que os senadores realizem nesta terça-feira, 16, a última sessão de debate sobre o assunto. "Se conseguirmos fazer a discussão hoje, amanhã a matéria estará sendo votada porque estará na pauta", declarou o peemedebista.

Atraso

Na semana passada, o senador Roberto Rocha (PSB-MA) apresentou recurso ao plenário para fazer uma mudança na PEC do fim do foro, o que impediu a realização da última sessão de discussão. A emenda sugeria que sejam criadas varas especiais de Justiça para julgar os casos de autoridades federais. Sem apoio, Rocha acabou desistindo do recurso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos