Votação da renegociação da dívida dos Estados pode ficar para próxima semana

Julia Lindner e Isabela Bonfim

Brasília

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), disse que, mesmo com a eventual aprovação de regime de urgência, a votação do projeto que cria um Regime de Recuperação Fiscal (RRF) para os Estados em calamidade financeira deve ficar para a próxima semana.

"Não sei se teremos prazo para votar essa matéria ainda esta semana", declarou. Ele destacou que normalmente são necessários dois dias de discussão no plenário da Casa e uma Medida Provisória deve trancar a pauta neste mesmo período.

O cearense ponderou que esta é uma matéria de interesse nacional e que já possui negociação com o governo federal. "Vamos agilizar o máximo que for possível aqui dentro", afirmou.

Eunício avaliou que há uma "angústia" entre muitos governadores, que o procuraram para pedir que o texto seja acelerado no Senado.

"Se houver entendimento na reunião de líderes hoje à tarde de um requerimento de urgência para que essa matéria não vá para a Comissão de Assuntos Econômicos, eu obviamente não terei objeção de pautá-lo no plenário", continuou.

Ontem, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), anunciou que a base governista vai apresentar hoje um requerimento de urgência para votar o projeto.

A matéria foi aprovada na Câmara na semana passada e voltou ao Senado porque foi alterada pelos deputados. No Twitter, Jucá disse que a intenção é votar o projeto ainda nesta terça-feira, mas que a decisão caberá ao plenário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos