JBS diz que não vai se pronunciar sobre delações

Camila Turtelli

São Paulo

A assessoria da JBS informou que a empresa não vai se pronunciar sobre as deleções que foram divulgadas pelo jornal O Globo. Segundo o jornal, Joesley Batista, presidente da J&F - controladora da JBS - teria dito à Procuradoria Geral da República que gravou o presidente Michel Temer dando aval para "compra de silêncio" do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos