Para Ives Gandra, 2 outras reformas são necessárias: a política e do Judiciário

Thaís Barcellos

São Paulo

  • Rafael Jacinto/Folhapress

    Ives Gandra Martins

    Ives Gandra Martins

O jurista Ives Gandra Martins elogiou as reformas em curso pelo governo Michel Temer, mas disse que duas outras reformas são necessárias no País. A declaração foi dada em evento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) que discute a legislação trabalhista sob o ponto de vista empresarial.

A primeira é uma reforma política, com a criação de cláusula de barreira. "Tem de se fazer com urgência, porque a essência da corrupção do Brasil está na estrutura política."

A segunda, diz, é a reforma do Judiciário. "A iniciativa tem de ser do próprio Judiciário. A lei orgânica da magistratura é de 1975. As últimas instâncias têm de tratar de causas grandes."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos