No Rio, ato na igreja da Candelária pede renúncia de Temer

Fábio Grellet

Rio

Milhares de pessoas se reúnem ao redor da igreja da Candelária, no centro do Rio, às 17h30 desta quinta-feira, 18, em ato pela renúncia do presidente Michel Temer (PMDB). Organizado por diversos sindicatos e entidades estudantis e da sociedade civil, o protesto inclui uma caminhada até a Cinelândia, que deve começar por volta das 18h30.

Por enquanto, líderes de várias categorias profissionais discursam pedindo a saída de Temer e a realização de eleições diretas para presidente da República. "Eleição indireta é uma farsa", repetia ao microfone um líder sindical.

Muitas faixas e cartazes cobram eleições e fazem referências ao movimento de 1984, que também pedia eleições diretas para presidente e acelerou a queda da ditadura militar que havia começado em 1964.

Até as 17h30 o ato seguia pacífico, acompanhado pela Polícia Militar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos