Presidente do DEM diz que é preciso aguardar confirmação de fatos contra Temer

Isabela Bonfim e Julia Lindner

Brasília

O presidente do Democratas, senador José Agripino (DEM-RN), também pediu cautela para lidar com as denúncias contra o presidente Michel Temer. Na base do governo, Agripino acredita que é preciso buscar consistência nas acusações.

"A hora é de aguardar consistência e confirmação dos fatos, que são graves", disse o senador do DEM. Ele também defendeu que as consequências respeitem a forma da lei. "Os desdobramentos devem seguir rigorosamente os ditames constitucionais", afirmou.

A opinião do presidente do partido contradiz o posicionamento do líder da bancada no Senado, Ronaldo Caiado (DEM-GO), que desde que as notícias foram divulgadas defende a renúncia do presidente da República.

"O presidente da República nunca teve popularidade. Como ele pode continuar à frente de um governo em que o PT está destruído, o PMDB e o PSDB também? Não tem base de sustentação. A renúncia não é uma hipótese, é um bom senso", afirmou Caiado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos