Sem quórum, CCJ da Câmara adia análise de PEC sobre eleições diretas

Daiene Cardoso

Brasília

Sem quórum para realizar sessão na manhã desta quinta-feira, 18, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara deixou para a próxima semana a apreciação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para a realização de eleições diretas.

O presidente da comissão, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), lembrou que a proposta está na pauta da CCJ desde o ano passado e que houve um apelo de deputados para que o tema fosse retomado.

O peemedebista reconheceu o momento delicado da política brasileira. "Ao que tudo indica, a situação é grave. Mas temos de ter compromisso com as pautas de interesse do País", afirmou. Ele evitou falar sobre eventual processo de impeachment do presidente Michel Temer. "É precoce falar disso neste momento", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos