Situação é grave, mas governo tem condições de permanecer, diz Garibaldi Alves

Isabela Bonfim

Brasília

Um dos poucos peemedebistas que circularam pelo Senado na manhã desta quinta-feira, 18, o senador Garibaldi Alves (PMDB-RN) afirmou que é preciso lidar com a situação do presidente Michel Temer com "cautela".

O presidente teria sido flagrado em áudio com donos da JBS autorizando a compra do silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ). "A crise é grave, mas sendo da base do governo, acredito que deve ser vista com cautela. Acho que o governo tem condições de permanecer, a menos que a situação - que já é grave - se agrave ainda mais", afirmou.

O senador espera que a nota oficial, divulgada pelo presidente, em que afirma que não negociou a compra de silêncio com ninguém, possa trazer estabilidade para o governo. Ele afirmou que, é dito extraoficialmente, que o presidente não disse o que está na gravação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos