Termina busca e apreensão da PF no gabinete do deputado Rocha Loures

Daiene Cardoso

Brasília

Durou quatro horas e meia o cumprimento do mandado de busca e apreensão no gabinete do deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), alvo de operação que também mira o senador Aécio Neves (PSDB-MG). O deputado Loures é citado na delação de Joesley Batista, da JBS, por supostamente ter encaminhado ações em favor da empresa no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em troca de propina.

Os agentes da PF deixaram o gabinete do deputado apenas com um malote.

A PF chegou ao local por volta das 6 horas manhã e a Polícia Legislativa isolou o corredor de acesso ao gabinete.

Neste momento, a Polícia Legislativa está trancando o gabinete do deputado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos