Temer:Queriam flagrante p/incriminar alguns,enquanto criminosos fugiam p/exterior

Thaís Barcellos, Aline Bronzati, Álvaro Campos

São Paulo

O presidente Michel Temer destacou neste sábado (20) no segundo pronunciamento após a crise política iniciada com a delação da JBS, o planejamento da gravação do diálogo com o empresário Joesley Batista e afirmou que o "flagrante" tinha como objetivo incriminar só "alguns".

Temer ainda voltou a criticar a saída de Joesley Batista do País. "Quero pontuar que houve grande planejamento para realizar esse grampo e depois montagem, e criar um flagrante que incriminasse alguns, enquanto criminosos fugiam para o exterior em segurança", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos