FHC telefona para Temer para oferecer apoio

Brasília

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso telefonou no sábado para o presidente Michel Temer para oferecer apoio, recomendar que mantenha-se firme e resista aos ataques que vêm sofrendo. Fernando Henrique negou a Temer que tenha sugerido a sua renúncia como "andou sendo noticiado".

Segundo relato de um dos interlocutores de Temer, o ex-presidente afirmou que "em momento algum" disse que ele deveria renunciar.

Apesar de nos bastidores haver pressão no PSDB para que o partido deixe a base do governo, ao lado do DEM, a conversa serviu para mostrar a disposição de Fernando Henrique em manter a legenda apoiando a gestão Temer. A reunião entre DEM e PSDB que estava marcada para este domingo, depois de articulações do governo e de lideranças dos dois partidos, acabou cancelada. Caciques de todos os partidos decidiram comparecer ao jantar que Temer promoveu no Palácio da Alvorada.

Mesmo com o comparecimento de lideranças e ministros ao Alvorada para ouvir Temer, o momento, de acordo com interlocutores do próprio presidente, é de compasso de espera, aguardando a decisão do plenário do Supremo Tribunal Federal sobre o pedido para suspender o inquérito aberto para investigar Temer por obstrução de Justiça, corrupção passiva e formação de quadrilha. O julgamento está marcado para quarta-feira. (Tânia Monteiro)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos