Kassab não estaria no governo 'se dependesse da bancada', diz líder do PSD

Isabela Bonfim

Brasília

O líder do PSD no Senado, Omar Azis (AM), teceu diversas críticas a Michel Temer e foi taxativo nesta segunda-feira, 22: "Não faço parte desse governo, não quero fazer. Michel Temer não tem condições de governar", disse.

Aziz afirmou que há forte clima de insatisfação da bancada do PSD com a falta da espaço no governo e que as revelações das delações da última semana são apenas mais um problema na relação do governo com o PSD. O senador afirmou que o presidente do partido, e ministro de Ciência, Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab, está ciente do clima na bancada. Entretanto, a decisão de permanecer como ministro é pessoal e não foi discutida.

"Se dependesse da bancada dos senadores e deputados, Kassab não estaria nesse ministério. Bancadas muito menores têm ministérios mais representativos, o que mostra que não se trata de fazer alianças políticas, mas de agradar pessoas", disse.

Para o senador, os problemas do governo Temer são anteriores às delações da JBS. "Não tem legitimidade para aprovar as reformas que está fazendo, não tem boa relação com a base e não honra compromissos", listou.

No Senado, três dos cinco senadores do PSD são favoráveis ao afastamento de Temer. Além de Azis, Otto Alencar (PSD-BA) e Lasier Martins (PSD-RS) querem desembarcar do governo e apoiam a renúncia ou impeachment do presidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos