PM usa bombas de gás em ato próximo à Alerj

Marcio Dolzan

Rio

A Polícia Militar usou pelo menos quatro bombas de gás para tentar dispersar manifestantes que estão do lado de fora da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). A ação acontece em ruas laterais da assembleia, para onde um grupo de manifestantes se deslocou na tentativa de entrar na Alerj. Todos os acessos do público à casa estão fechados.

A maior parte dos manifestantes está concentrada na frente do legislativo estadual, onde até o momento não houve tumulto. Um grupo decidiu se deslocar para uma via lateral após anúncio no caminhão de som de que os deputados já estavam votando o aumento da contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14% - e com a proposta em vias de ser aprovada.

Com as primeiras bombas, o comércio nas ruas próximas à Alerj começou a fechar as portas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos