Grupo antibomba da PF deixa Ministério do Trabalho após checar ameaça de bomba

Bernardo Gonzaga, especial para a AE

Brasília

Depois de uma denúncia anônima, feita por volta das 10h30 desta quinta-feira, 25, de que haveria uma bomba no Ministério do Trabalho, o grupo antibomba da Polícia Federal (PF) foi acionado e isolou o local. Agentes realizaram uma busca minuciosa no prédio e foi descartada a ameaça.

Os servidores voltaram a circular normalmente as 11h20 pelo prédio e o isolamento continuava apenas nas áreas onde ainda havia destroços de vidros - resultantes da manifestação que ocorreu na capital federal na quarta-feira, dia 24.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos