Prisão de Loures deixa governo "por um fio", diz Zarattini

Julia Lindner

Brasília

O líder do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini (PT-SP), avalia que a prisão do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), amigo do presidente Michel Temer, deixa o governo "por um fio". "Qualquer coisa que Loures fale (aos investigadores) vai levar à queda do governo", declarou Zarattini.

Ele considera que a possibilidade de desembarque do PSDB da base aliada do governo mostra que "as chances do governo continuar estão cada vez menores".

Zarattini disse ainda que o PT vai continuar a mobilização por eleições diretas caso Temer deixe o cargo. "Acredito que acelerando a crise, vai acelerar a mobilização popular", declarou. Ele admitiu, contudo, que sem a pressão popular será muito difícil aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) no Congresso. "Não temos votos suficientes e a tendência natural é tentar uma solução pela via indireta. Tem que haver pressão para que parte grande dos parlamentares mude de opinião."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos