Em semana de julgamento no TSE, oposição promete obstruir pautas do governo

Renan Truffi

Brasília

O líder do PT na Câmara dos Deputados, Carlos Zarattini (SP), anunciou que seu partido vai continuar a obstruir, nesta semana, votações de todos os projetos que interessem ao governo na Casa. Apesar do julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), marcado para esta terça-feira, 6, a base aliada deve tentar manter a agenda de votações para dar clima de normalidade às atividades no Congresso.

"A agenda do Congresso é a agenda das reformas. Eu duvido que o governo queira colocar em votação a Previdência. Me parece que o próprio governo não vá manter sua agenda. Manter votações de projetos que, praticamente, têm acordo é outra coisa. Nós vamos obstruir todos projetos que o governo tenha interesse em aprovar", explicou.

Zarattini comentou também a decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), de levar ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) a ação que pede para que seja suspensa a medida provisória que recriou a Secretaria-Geral da Presidência da República. Essa MP garantiu a prerrogativa de foro ao ministro Moreira Franco, alvo de inquérito aberto no próprio Supremo.

"A decisão da ministra de levar a Plenário é mais uma possibilidade do governo sair derrotado. Ao reeditar a MP, eles criaram uma situação que é mais um tiro no pé", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos