Cientistas acham no Ceará fóssil de cogumelo mais antigo do mundo

São Paulo

Cientistas da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, encontraram no Estado brasileiro do Ceará o fóssil de cogumelo mais antigo do mundo. O achado foi descrito pelos cientistas em um artigo publicado nesta quarta-feira, 7, na revista científica Plos One.

O cogumelo viveu há cerca de 115 milhões de anos - quando o supercontinente Gondwana estava se separando - e foi encontrado em uma formação calcária na Chapada do Araripe. Antes da descoberta, os cogumelos fósseis mais antigos encontrados até então haviam sido preservados em âmbar.

Segundo um informe da Universidade de Illinois, divulgado nesta quarta, o cogumelo tinha 5 centímetros de altura e foi batizado de Gondwanagaricites magnificus.

"A maior parte dos cogumelos cresce e desaparece em poucos dias", disse Sam Heads, paleontólogo da Universidade de Illinois ao site da instituição. Heads descobriu o cogumelo quando digitaliza uma coleção de fósseis da região. "O fato de que este cogumelo estava totalmente preservado é surpreendente".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos