Mais quatro internos fogem de unidade socioeducativa na Paraíba

Janaína Araújo, especial para a AE

João pessoa

Mais quatro internos do Lar do Garoto, unidade socioeducativa de adolescentes e jovens, em Lagoa Seca (PB), fugiram na manhã desta quarta-feira, 7. Todos tinham mais de 18 anos. Para fugir, eles usaram serras, segundo o vice-diretor da unidade, Francisco Souza. Um deles foi recapturado e os outros continuam soltos.

Desde a rebelião do último sábado, 3, que terminou com a morte de sete jovens, mais seis adolescentes também conseguiram escapar. Os laudos do Instituto de Polícia Científica-Perícia (IPC) ainda não foram divulgados sobre os mortos, que tiveram os corpos enrolados em colchões e queimados.

O governador do Estado, Ricardo Coutinho, determinou a apuração sobre a participação de servidores na rebelião. Na terça-feira, 6, diretores da Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente da Paraíba (Fundac) foram exonerados. Após a rebelião, foram encontrados facas, espetos e barras de ferro dentro da unidade. Dos 25 quartos, sete estão destruídos, com danos na parte elétrica, telhados e grades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos