Correção: PF reforça efetivo em ação na sede da JBS em São Paulo

Francisco Carlos de Assis

São Paulo

A nota enviada anteriormente contém uma incorreção. Inicialmente, a Polícia Federal informou, por meio de nota oficial, que o inquérito da Operação Tendão de Aquiles foi aberto no dia 19 de abril. Na tarde desta sexta-feira, a PF corrigiu a informação. O inquérito foi instaurado no dia 19 de maio - um dia depois da deflagração da Operação Patmos. Segue o texto corrigido:

A Polícia Federal reforçou no início da tarde desta sexta-feira, 9, o efetivo de agentes em ação da Operação Tendão de Aquiles na sede da JBS, em São Paulo. Por volta das 13 horas, ao menos três viaturas chegaram ao local, sendo duas caracterizadas e uma sem o logo da PF.

A assessoria da JBS havia confirmado um pouco antes do horário acima a presença de equipes da PF na sede da companhia, mas que ainda não havia qualquer informação ou mesmo uma posição oficial sobre a operação.

Deflagrada nesta sexta-feira, a Tendão de Aquiles tem base em inquérito aberto no dia 19 de maio, a partir do Comunicado ao Mercado 02/2017 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que tornou pública a abertura de cinco processos administrativos para apuração de transações que teriam assegurado ganhos milionários da JBS nos mercados de câmbio e de ações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos