Morador de rua é encontrado morto na zona leste da capital paulista

Hyndara Freitas

São Paulo

Na manhã deste sábado, 10, um morador de rua, identificado apenas como Sidnei, foi encontrado morto na rua Fernandes Vieira, no Belém, na zona leste da capital paulista. De acordo com o Padre Julio Lancellotti, que atua na luta pelos direitos dos moradores de rua, ele morreu de frio.

"Ele morreu de frio no Belém, onde há muitos moradores de rua, mas não há nenhum abrigo. Eu o encontrei por volta das 6h30 da manhã, mas não sei a hora que ele faleceu", disse o padre ao Estado. Segundo o padre, o homem aparentava cerca de 50 anos e estava vivendo nas ruas da região há pouco tempo.

A polícia foi acionada, porém, até cerca de 9h30 o corpo permanecia no local à espera da perícia que vai identificar a causa da morte. Lancellotti ainda disse que reportou a morte do morador ao prefeito de São Paulo, João Dória. "Eu voltei a falar dos abrigos emergenciais na área do Belém. Há um abrigo no Brás, mas aqui não. No ano passado, havia um abrigo emergencial debaixo do viaduto Guadalajara, mas agora estamos sem", relatou.

Em nota, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) lamentou o ocorrido. "É com profundo pesar que a SMADS comunica a morte de um cidadão em situação de rua, na madrugada deste sábado, no Belém, na zona leste. De ontem (9) para hoje (10), recebemos 101 chamados para acolhimento, que foram prontamente atendidos. Na madrugada de ontem (9) para hoje (10) não houve falta de vagas na rede de 84 centros de acolhida. A Secretaria convoca a população, especialmente em bairros fora da região central, como foi este caso, a ligar para o 156 imediatamente ao ver uma pessoa exposta ao frio para que os orientadores sociais possam fazer a abordagem e o encaminhamento", diz o comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos