Grupo quer eleger nova executiva tucana para efetivar Tasso Jereissati

Pedro Venceslau

São Paulo

  • Ruy Baron - 2.fev.2015/Valor cultura/Folhapress

    A ideia é eleger o senador Tasso Jereissati em caráter definitivo

    A ideia é eleger o senador Tasso Jereissati em caráter definitivo

Diante do cenário de incertezas, parte da bancada do PSDB na Câmara articula apresentar uma "PEC Partidária" para renovar a direção executiva tucana no segundo semestre, e não em maio de 2018, quando termina o atual mandato dos dirigentes.

A ideia é eleger o senador Tasso Jereissati (CE) em caráter definitivo e tirar o senador Aécio Neves (MG), que mantém o cargo de presidente afastado, do cenário partidário.

"Foi um erro renovar o mandato da executiva esse ano. É possível antecipar a mudança [para antes de maio de 2018]. Só é preciso encontrar uma fórmula", disse o vice-presidente da sigla, Alberto Goldman.

Pelo estatuto, o caminho seria a realização de uma convenção partidária com os mesmos delegados que elegeram a atual direção. Assim, seria possível eleger uma nova executiva. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos