Transpetro simula vazamento por tentativa de furto em bairro de SP

Fernanda Nunes

Rio

Subsidiária de logística da Petrobras, a Transpetro simulou nesta terça-feira, 13, um vazamento de gasolina por tentativa de furto no bairro Jardim Esmeralda, na região do Butantã, em São Paulo. De janeiro a maio deste ano, a empresa registrou 78 casos de intervenções clandestinas em seus dutos, em todo o País. Apenas em São Paulo, foram 27, das quais 14 resultaram em algum tipo de vazamento, informou a Transpetro.

A cidade paulista campeã em intervenções clandestinas é Araras, com cinco ocorrências registradas neste ano. Em seguida aparecem os municípios de Artur Nogueira, Caçapava, Engenheiro Coelho, Orlândia, Santa Rita do Passa Quatro e São Paulo, cada um deles com duas ocorrências.

Hoje, a Transpetro simulou um vazamento por conta da ação de três bandidos. Diversos órgãos de governo foram envolvidos, como a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e Guarda Civil Metropolitana. A intenção foi dar à população "uma real dimensão de um vazamento em caso de furto de combustível e das ações dos técnicos para combater o problema", informou em nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos