Ministro interino da Cultura não quer ser titular

Daniel Weterman

São Paulo

O Ministério da Cultura confirmou há pouco a saída do ministro interino João Batista de Andrade (PPS) do cargo. A pasta divulgou a carta enviada por Andrade ao presidente Michel Temer (PMDB) em que ele afirma não ter interesse em ser efetivado no cargo. Ele assumiu a pasta interinamente após a saída de Roberto Freire, que deixou o cargo com o desembarque do PPS do governo.

"Comunico a Vossa Excelência, respeitosamente, o meu desinteresse em ser efetivado como Ministro de Estado da Cultura, posto que venho exercendo interinamente, e por determinação legal do regimento interno, por ser o atual Secretário-Executivo do Ministério da Cultura", afirmou Andrade na carta.

O ministro interino afirmou ter disposição em contribuir para a transição do comando do Ministério até a nomeação do próximo titular. "Confirmo a minha disposição para contribuir da forma mais proativa possível com a transição de gestão no Ministério da Cultura, até a nomeação do próximo Ministro de Estado da Cultura e seu respectivo Secretário-Executivo."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos