Polícia desvenda rede de informações do tráfico no Rio

Lucas Gayoso, especial para o Estado

Rio

Oito homens foram presos durante uma operação da Polícia Civil para desarticular um esquema de lavagem de dinheiro ligado e rede de informações a facções criminosas. Eles são acusados de receber entre R$ 1.500 a R$ 11 mil por semana para repassar informações sobre operações policiais a traficantes de favelas da zona norte, como Nova Holanda, Vila Aliança e Muquiço. A quadrilha movimentava pelo menos R$ 7 milhões por ano.

Dois policiais civis envolvidos no caso continuam foragidos. Carlos Augusto Farnochi, lotado na Delegacia da Terceira idade e Renato Zille Cardoso, lotado na Delegacia da Barra da Tijuca, são acusados de vazar informações sobre operações da Polícia para os traficantes.

Os investigadores acreditam que essa seja a maior rede de informação do tráfico de drogas identificada pela Polícia Civil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos