Temer se reúne com ministra da AGU; assessores devem definir reação à denúncia

Carla Araújo e Tania Monteiro

Brasília

O presidente Michel Temer está reunido na noite desta segunda-feira, 26, com a ministra da Advocacia-Geral da União, Grace Mendonça, no Palácio do Planalto. O encontro, que não constava na agenda oficial, ocorre no mesmo momento em que veio a publico a informação de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, protocolou denúncia contra Temer no Supremo Tribunal Federal (STF).

Já os assessores de comunicação e o porta-voz do presidente Michel Temer, Alexandre Parola, subiram para o andar do gabinete de Temer para conversar com o presidente e definir a estratégia de reposta a notícia da denúncia. Janot denunciou criminalmente o presidente Michel Temer por corrupção passiva no caso JBS e atribui crime a Temer a partir do inquérito da Operação Patmos - investigação desencadeada com base nas delações dos executivos do grupo J&F, que controla a JBS.

O Planalto tem evitado se manifestar sobre temas jurídicos envolvendo o presidente e respondido que quem fala da área jurídica são os advogados privados do presidente: Antonio Claudio Mariz e Gustavo Guedes.

A ação proposta por Janot não pode ser aberta diretamente pelo Supremo. O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte, terá de enviar a acusação formal do procurador à Câmara, Casa que pode autorizar a abertura do processo contra o presidente - é necessária a aprovação de dois terços dos 513 deputados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos