Ministério da Justiça investiga venda de hand spinner no País

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) abriu na última sexta-feira, 23, investigação para apurar supostas irregularidades na venda do hand spinner, objeto apresentado como brinquedo e que tem atraído o interesse de crianças e adultos.

Segundo vendedores, o spinner aliviaria tensões e ajudaria no combate ao estresse. Contudo, relatos no exterior narram acidentes envolvendo o produto.

Pelas normas brasileiras, todos os brinquedos precisam obrigatoriamente passar por avaliação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e receber o selo do órgão.

Segundo o instituto, "o produto precisa cumprir com os requisitos técnicos definidos nas portarias vigentes sobre o tema e deve ser submetido aos ensaios previstos pelo processo de certificação, e, consequentemente, ostentar o selo de identificação da conformidade (marca do Inmetro)". "Caso contrário, estará irregular no mercado e as empresas que o comercializarem estarão sujeitas às sanções previstas em lei."

Para abrir a investigação, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) também se baseou em alerta emitido pelo Inmetro sobre o spinner.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos