Temer participa de cerimônia da lei das Estatais no intuito de mostrar força

Carla Araújo

Brasília

No dia em que a denúncia contra o presidente Michel Temer deve chegar à Câmara e ele será notificado, ele vai participar de duas cerimônias pela manhã.

Perto do final da manhã, no Palácio do Planalto, Temer quer dar uma demonstração de força e ao lado e aliados fará uma cerimônia para celebrar um ano da Lei de Responsabilidade das Estatais. A agenda é tida como uma tentativa de pauta positiva em meio à escalada da crise política.

Antes, Temer fará um rápido discurso na Abertura da 15ª Conferência dos Ministros da Justiça da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). O evento, que acontecerá no Ministério da Justiça e Segurança Pública, não será aberto aos jornalistas, segundo a assessoria, porque o local é pequeno, mas a TV do governo federal, NBR, fará a transmissão das imagens e da breve fala do presidente.

Além disso, o presidente tem mais dois compromissos oficiais agendados até o momento. Ao meio dia, recebe o deputado Jorge Tadeu Mudalen (DEM/SP) e, às 15 horas, tem audiência com parlamentares do PP: senadores Benedito de Lira (PP/AL) e Ciro Nogueira (PP/PI) e o deputado Artur Lira (PP/AL).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos