Moro sugere que 'política saia das páginas policiais'

Ricardo Brandt, enviado especial a Curitiba, e Julia Affonso

Na sentença em que condenou o ex-presidente Lula a nove anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex, o juiz federal Sérgio Moro defendeu enfaticamente a liberdade de imprensa e sugeriu que 'a política saia das páginas policiais'.

"Não há qualquer dúvida de que deve-se tirar a política das páginas policiais, mas isso se resolve tirando o crime da política e não a liberdade da imprensa", sentenciou Moro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos