Mulher é vítima de estupro coletivo no interior de São Paulo

Sandro Villar, especial para O Estado

Presidente Prudente

Uma mulher de 48 anos foi vítima de estupro coletivo na segunda-feira (17), em Presidente Epitácio, no oeste de São Paulo. Os suspeitos são um jovem de 20 anos e quatro adolescentes de 17, 15 e 13 anos. A Polícia Militar prendeu o maior e apreendeu os adolescentes, que são vizinhos da mulher.

A vítima é uma dona de casa que foi levada de sua residência para a casa de um dos suspeitos. A mulher não sabe como foi parar na casa. "Ela estava embriagada e disse que não se lembrava bem do que aconteceu", afirmou o delegado Mauro Chiyoda, titular da Delegacia Seccional de Presidente Venceslau (SP).

Depois do estupro, a mulher foi trancada na casa. "Colocaram madeira na porta, mas ela conseguiu abrir e pediu socorro", explicou o policial, acrescentando que houve cárcere privado. Com uma lesão, a dona de casa foi atendida na Santa Casa da cidade.

Na casa onde ocorreu o estupro coletivo, a Polícia Militar encontrou preservativos, roupas e chinelos.

Eles foram ouvidos na tarde desta terça-feira (18), no fórum de Presidente Epitácio e negaram o estupro. Em seguida, os três adolescentes foram levados para a cadeia pública de Adamantina, onde aguardarão transferência para uma unidade da Fundação Casa. Já o homem foi encaminhado para a Penitenciária de Andradina. Ele responderá por estupro, cárcere privado e corrupção de menores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos